Recents in Beach

Itens mágicos loucos: a máquina de quinquilharias instantânea

Bom dia, RPGistas!! Hoje trago uma ideia de item muito louco para vocês. E irei explicar como ele pode funcionar em qualquer sistema de RPG, mas fazer também uma sugestão específica para o D&D 5e. Vou também contar a história do portador desse item, o primeiro portador, que pode inspirar vocês!

E que item é esse? Trata-se de um gerador de quinquilharias (trinkets) instantâneo. Mas aí você me pergunta: e o que há de legal ou divertido nisso?

Então, fiquem atentos!! A ideia é que o artefato pareça como o da foto abaixo, algo móvel, mas com uma alavanca também para que se possa dar corda. Uma variedade de músicas começa a reverberar do objeto, uma música agradável e que atrai a atenção para o portador.


E o que o item traz de interessante? Bem, a ideia é que o portador atraia a atenção das pessoas e as convide a colocar a mão no item para lhes dar um presente surpresa. E quando alguém coloca a mão, retira de dentro do artefato um item simples, produzido magicamente. Só que tal item é algum tipo de objeto que ativa uma memória emocional na pessoa. Por exemplo, o dono da loja de brinquedos retira um peão de dentro da máquina, mas um peão igual ao que o seu pai havia lhe dado quando criança, um peão igual ao peão que marcou sua infância e o fez se tornar o fabricante de brinquedos da vila.

E todos os pequenos itens e quinquilharias que as pessoas retiram têm esse mesmo efeito, fazendo-as ficarem surpresas e gratas e, naturalmente, fazendo-as gostar do portador. A ideia é então que, ao se colocar em uma vila ou cidade, o utilizador possa criar laços de amizade e ir adquirindo vários bônus para coletar informação na cidade e até para conquistar favores. Logo, apesar de ser um item aparentemente bobo, ele se torna algo muito poderoso na mão de um ladino ou bardo. No caso do D&D 5e, sugiro como mecânica que o portador ganhe vantagem nos testes de carisma com as pessoas que retirarem as quinquilharias da máquina por causa da relação emocional gerada.

Sugiro que seja rolado um d8:

Em 1 a 4 - o item tem um valor sentimental não tão alto, que será esquecido após um dia, logo a vantagem ou os bônus dados (em outros sistemas) duram apenas 1 dia.

Em 5 a 7 - o item tem um poderoso valor emocional, que dará os bônus ou vantagem ao longo de uma semana.

Em um 8 - o item tem extremo valor emocional, e gera um vínculo de 1 ano com o portador do artefato, gerando bônus ou vantagem por esse período.

O PRIMEIRO UTILIZADOR DO ARTEFATO

O primeiro a utilizar o artefato foi o famoso "Gato Noturno", um ladino que roubou grandes famílias e grandes riquezas em pequenas e grandes cidades, assaltando os ricos que ele julgava esnobes ou corruptos.

O "Gato Noturno" era, na realidade, um bardo, que maioria das pessoas ignoraria, mas que usava o seu artefato mágico para fazer amizade em todos os níveis da cidade, oferecendo a todos suas mágicas quinquilharias. Com isso, sabia de todos os rumores, era convidado para todas as casas, das mais pobres às mais ricas, e coletava todas as informações necessárias para os seus golpes.

Era Baragir, um Halfling afável, de bochechas gordas e vermelhas, um pequeno músico performático que a todos alegra por onde passa e que muito raramente atrai olhares de desconfiança. Quem diria que uma criatura tão afável, que distribui presentes o dia todo, poderia ser um lendário ladino?!

Enfim, espero que tenham gostado de mais essa ideia e artigo que fiz para vocês =)

Postar um comentário

0 Comentários