Recents in Beach

Filme do Dungeons & Dragons mira em roteiristas de Homem-Aranha: De Volta ao Lar. O que isso significa?


Bom dia, RPGistas!! Faz algum tempo que existe uma tentativa de se fazer novos filmes baseados no Dungeons & Dragons, um dos meus jogos de RPG favoritos. No entanto, essa tentativa de "reboot", já que foi lançado um filme de D&D absolutamente terrível nos anos 2000, já passou na mão de diversos roteiristas e produtores, mas não obtivemos nenhuma notícia real por enquanto.


Agora, temos uma novidade, já que os roteiristas de Homem-Aranha: De Volta do Lar e diretores do filme Noite de Jogo, Jonathan Goldstein e John Francis Daley (aquele "olá" aos fãs da série Bones) estão em negociações para finalmente levar o projeto de um filme de Dungeons & Dragons para frente. A Paramount, faz alguns anos, chegou a anunciar que teríamos um filme em 2021, mas como eu disse, uma série de problemas deixou aquela questão sobre a continuidade ou não do projeto.

A propriedade intelectual do D&D, porém, é da Wizards of The Coast, que foi comprada pela Hasbro. E a Hasbro recentemente criou o seu próprio estúdio de cinema, a Allspark Pictures (sim, baseada no item de Transformers).

E o que tudo isso significa? Em primeira lugar, como a Allspark foi recém-criada, os avanços nas negociações podem ser um bom sinal para uma possível franquia de D&D. Afinal, como a franquia de Transformers não anda lá muito bem das pernas, é bem possível que a Hasbro invista pesado num filme de Dungeons & Dragons para ser o primeiro grande sucesso da Allspark Pictures. E tudo isso, claro, é muito animador!


Mas, além disso, eu particularmente gosto muito da ideia dos roteiristas de Homem-Aranha, já que sempre defendi que a propriedade do D&D difere de uma propriedade como Senhor dos Anéis, em que temos de fato um grande épico de fantasia. No Dungeons & Dragons, temos sim batalhas e momentos épicos, mas há também todo um lado de leveza e de diversão bem característico do jogo, que gera situações para lá de engraçadas (claro, depende de como se joga e do cenário, mas em média, acaba sendo mais esse o espírito). E por tudo isso, sempre defendi que uma pegada de aventura com pitadas de humor, como acontece nos filmes da Marvel, seria algo perfeito para uma franquia cinematográfico de D&D.

E quando assistimos Homem-Aranha: De Volta ao Lar vemos exatamente isso. Temos aventura e comédia, com um excelente desenvolvimento de múltiplos personagens. E precisamos disso tudo para um bom filme de Dungeons & Dragons.

Por todos esses motivos, torço muito para que as negociações deem certo, pois acho uma escolha acertada. O único temor que tenho é que, como diretores, eles ainda não precisaram lidar com muitos efeitos especiais. Mas acredito que terem escrito o roteiro de Homem-Aranha e acompanhado a produção do filme possa ajudar nesse quesito.

Enfim, essas são minhas ponderações. E vocês, o que acham?

Postar um comentário

0 Comentários