Recents in Beach

Qual a real diferença entre Castelos, Fortes e Palácios?

Castelo Scaligero, por Marco Ober

Esse é um assunto que muitas vezes causa confusão. Afinal, o que é realmente um castelo e como eles se diferenciam dos palácios e dos fortes? No geral, as pessoas costumam confundir os três, com algumas vendo os castelos como se fossem palácios e com outras vendo os castelos apenas como fortes. E, bem, a verdade é que os castelos misturam um pouco das duas coisas.


De uma forma superficial, seria possível dizer que os palácios eram para ser quase como o que vemos hoje como as mansões, como moradias extremamente suntuosas e luxuosas, para mostrar o poder de um nobre ou monarca. Por outro lado, os castelos seriam apenas um tipo de fortificação, utilizada para que nobres e monarcas pudessem viver e se proteger. Mas as coisas não são tão simples. E vale começarmos falando sobre de onde vêm os dois nomes.

Castelo de Warwick, por Defacto

A palavra palácio surgiu no período romano, bem antes até dos famosos castelos medievais serem construídos. E ela se referia ao Monte Palatino, que é um monte romano que foi utilizado, no Império Romano, para abrigar as casas de importantes membros da aristocracia da época. Logo, o que se tinha ali eram construções enormes e luxuosas, que viriam dar origem à nossa ideia de "palácio".


Já os castelos, se referem à palavra "castellum" em latim, que significaria vila ou lugar fortificado. Então, somente isso já deve passar uma ideia do que eles são. Tratam-se de construções fortificadas, bem sólidas, feitas para resistir aos ataques inimigos. Até por isso, costumam ser construídas em posições que favorecem a sua defesa, como o topo de penhascos, penhascos e localidades que ficam com as costas para rios e para o mar, tudo para dificultar qualquer tipo de invasão. E isso inclui até os famosos fossos, que sempre vemos em volta dos castelos em muitas representações. E esses fossos tinham uma função essencial, que era a de impedir que inimigos conseguissem cavar por baixo do castelo e o invadir assim.

Palácio de Versalhes, por Jean Baptiste-Tuby

Mas então, o que diferencia castelos de fortes? Bem, aí que entra a questão da moradia. Apesar de ser um tipo de fortificação, os castelos eram de fato a moradia de cavaleiros, nobres e monarcas, ao contrário dos fortes, que eram apenas estruturas militares. Já os palácios funcionam realmente como espécie de mansões, contendo muito luxo e basicamente nenhuma fortificação. A ideia é criar algo que seja bonito e luxuoso. Para se ter uma ideia, o Palácio de Versalhes possui 2.300 cômodos, o que mostra como tais construções são muito mais voltadas para passar uma ideia de luxo e de status do que para exercer qualquer outra função.

Postar um comentário

0 Comentários